Euronews is no longer accessible on Internet Explorer. This browser is not updated by Microsoft and does not support the last technical evolutions. We encourage you to use another browser, such as Edge, Safari, Google Chrome or Mozilla Firefox.

Última hora

Última hora

Papa critica fanatismo durante visita ao Azerbaijão

Papa critica fanatismo durante visita ao Azerbaijão
Tamanho do texto Aa Aa

Depois da Geórgia, o Azerbaijão. O Papa Francisco chegou, este domingo, a Baku. Uma visita de 10 horas que o chefe de Estado do Azerbaijão já qualificou de histórica. Francisco foi recebido no Palácio Presidencial de Baku depois de ter presidido a uma missa diante da comunidade salesiana, o único grupo católico presente no país e que conta com cerca de 700 fiéis. Cerca de metade marcaram presença na missa deste domingo.

“É magnífico e memorável. A visita do Papa é uma bênção para a população e para o país. Estamos muitos contentes” refere uma mulher.

Outra adianta: “Emocionalmente foi uma experiência muito forte. Quando o Papa entrou, senti uma sensação de paz difícil de descrever. É magnífico e é uma honra estar aqui hoje.”

Francisco aproveitou a visita ao país para criticar o fanatismo. Num discurso proferido junto ao chefe de Estado, o Papa lembrou que a religião não deve ser imposta pela força.