EventsEventos
Loader

Find Us

FlipboardLinkedin
Apple storeGoogle Play store
PUBLICIDADE

Presidenciais EUA: Obama "passa" testemunho a Hillary Clinton

Presidenciais EUA: Obama "passa" testemunho a Hillary Clinton
Direitos de autor 
De  Francisco Marques com reuters
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

O Presidente cessante dos Estados Unidos foi o apresentador de serviço da candiadata democrata à Casa Branca, numa noite em que os músicos Jon Bon Jovi e Bruce Springsteen se juntaram à campanha.

PUBLICIDADE

No último dia de campanha, Hillary Clinton contou com um palco ainda mais recheado do que nos dias anteriores. Depois de Jay-Z, Beyoncé, Katy Perry ou LeBron James, estavam anunciadas para Filadélfia, na Pensilvânia, as presenças dos músicos Bruce Springsteen e Jon Bon Jovi ao lado da candidata democrata

Neste derradeiro grande comício, a antiga secretária de Estado teve ainda a honra de ser apresentada pelo Presidente cessante dos Estados Unidos. Barack Obama e a mulher Michelle juntaram-se aos Clinton, o ex-presidente Bill e a filha do casal, Chelsea. O ainda residente oficial da Casa Branca falou como se estivesse já a passar a chave à sucessora.

“Hillary is the role model Michelle and I want for our daughters and for kids across the country.” —POTUS</a> <a href="https://t.co/AnLw4t3349">https://t.co/AnLw4t3349</a></p>&mdash; Hillary Clinton (HillaryClinton) 8 de novembro de 2016

“Temos a oportunidade de eleger o 45.° presidente que irá dar continuidade ao nosso progresso; que vai terminar o trabalho; que já tem o respeito de líderes à volta do mundo e das pessoas que vai servir; que é inteligente, tem estabilidade e já foi testado. Alguém que vem para este gabinete tão bem preparado quanto todos os que a ele alguma vez se candidataram. Mais do que eu ou do que o Bill (Clinton). Eis o próximo Presidente dos Estados Unidos: Hillary Clinton”, afirmou o vencedor das duas últimas eleições presidenciais dos Estados Unidos, abraçando e abrindo espaço a quem ele espera que lhe suceda.

Hillary Clinton aproveitou o momento, diante de dezenas de milhares de apoiantes e de espetadores atentos à volta do mundo (muitos através da euronews) para um derradeiro apelo ao voto e para lembrar que os Estados Unidos devem evitar as ideias que acusa serem divisionistas do rival republicano, Donald Trump.

“Let’s make history!” —Hillary pic.twitter.com/33JmMKRfR4

— Hillary Clinton (@HillaryClinton) 8 de novembro de 2016

“Nós escolhemos acreditar numa América de esperança, inclusiva e acolhedora. Uma América onde todos têm um lugar, onde todos estão incluídos e têm a possibilidade de viver de acordo com o potencial que Deus lhes deu”, afirmou a candidata democrata, garantindo que os votos que receber serão votos para dar continuidade ao progresso conseguido nos últimos oito anos com Barack Obama.

De Filadélfia, a candidata democrata seguiu ainda para a Carolina do Norte, ma apenas na companhia do marido e da filha. O derradeiro discurso de Hillary Clinton estava marcado para Raleigh.

Greetings from Philadelphia with HillaryClinton</a>. <a href="https://twitter.com/hashtag/imwithher?src=hash">#imwithher</a> <a href="https://t.co/NXbdKxGO3b">pic.twitter.com/NXbdKxGO3b</a></p>&mdash; Bruce Springsteen (springsteen) 8 de novembro de 2016

“I'm a #Republican. I am a #gunowner. I'm a #catholic. And #ImWithHer,” #BonJovi at #Clinton's celeb-packed #Philadelphia#rally.#NRA#tcotpic.twitter.com/GkPHX5z6PL

— wtfnews (@wtfnewsamerica) 8 de novembro de 2016

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Clinton faz esforço derradeiro na Carolina do Norte

Presidenciais EUA: Donald Trump promete acabar com "corrupção institucional em Washington"

Guia rápido para sobreviver à noite das eleições norte-americanas