Última hora

Última hora

Polícia do Kosovo impediu ataque terrorista em jogo de Israel na Albânia

Polícia do Kosovo impediu ataque terrorista em jogo de Israel na Albânia
Tamanho do texto Aa Aa

A polícia do Kosovo anunciou quinta-feira ter impedido uma série de ataques simultâneos do grupo extremista Estado Islâmico. Um dos alvos seria o jogo de qualificação para o Mundial de futebol da seleção de Israel na vizinha Albânia.

Em comunicado, a polícia kosovar precisou ter descoberto planos para um ataque durante o jogo de sábado passado, em simultâneo com um outro ataque contra um alvo no Kosovo.

Dezanove pessoas foram detidas no Kosovo a 4 de novembro, oito dias antes do jogo, das quais apenas uma foi entretanto libertada. As polícias da Albânia e da Macedónia anunciaram por seu lado seis outras detenções.

Segundo a polícia kosovar, nas buscas realizadas nas residências dos suspeitos, foram encontrados engenhos explosivos, TATP, considerado um dos explosivos mais perigosos, armas, um avião não-tripulado (“drone”) e equipamentos eletrónicos, além de “material religioso e literatura de autores reconhecidos pela ideologia extremista”.

As células nos três países eram coordenadas por dois albaneses integrados nas forças ‘jihadistas’ em combate na Síria e tinham “alvos claros de quem e quando deviam atacar”, lê-se no comunicado.

Segundo a imprensa kosovar, um desses homens, identificado como L.M., é Lavdrim Muhaxheri, um antigo membro do Estado Islâmico que se dizia “comandante de albaneses na Síria e no Iraque”.

O local do jogo do Albânia-Israel, Shkoder, perto da fronteira com o Montenegro, foi alterado por “razões de segurança” para Elbasan, perto da capital, Tirana, e um dispositivo policial de cerca de 2.000 agentes foi destacado. Israel venceu o jogo por 3-0.