EventsEventosPodcasts
Loader

Find Us

PUBLICIDADE

Haiti: Candidato do partido no poder venceu as presidenciais

Haiti: Candidato do partido no poder venceu as presidenciais
Direitos de autor 
De  Nelson Pereira
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

O empresário Juvenal Moise ganhou as presidenciais de 20 de novembro, anunciou a comissão eleitoral na segunda-feira à noite.

PUBLICIDADE

O empresário Juvenal Moise ganhou as presidenciais de 20 de novembro, anunciou a comissão eleitoral na segunda-feira à noite.

Candidato apoiado pelo ex-presidente Michel Martelly para representar o Partido haitiano Tèt Kale (PHTK), Moise conseguiu 55,67% dos votos, o suficiente para evitar uma segunda volta.

Le peuple haïtien a fait son choix et m'a élu dès le premier tour. — Merci à tous de votre confiance. Vive Haïti ! pic.twitter.com/FQomi08YuG

— Jovenel Moïse (@moisejovenel) 29 novembre 2016

O candidato da oposição, Jude Celestin, da Liga Alternativa pelo Progresso e Emancipação Haitiana, ficou em segundo lugar, com 19,52% dos votos, enquanto Moise Jean Charles conseguiu 11,04% e Maryse Narcisse, 8,99%.

No discurso que fez após a confirmação dos resultados preliminares, Juvenal Moise apelou à unidade dos haitianos e em particular dos seus adversários eleitorais: “Esta noite, pensei muito especialmente a cada um dos meus concorrentes, cada cidadão e cidadã que foi candidato porque tinham um projeto para o Haiti. Juntos, vamos mudar o Haiti, se trabalharmos juntos, seremos capazes de fazer com que todos os haitianos tenham uma vida melhor.”

O Haiti está sem presidente desde fevereiro. A eleição de domingo deveria ter sido realizada em 25 de outubro de 2015, mas alegações de fraudes eleitorais provocaram uma nova crise constitucional, adiando o escrutínio. Marcado para 9 de outubro deste ano, foi cancelado novamente por causa da passagem do furacão Matthew, que devastou o sul do país e matou mais de 500 pessoas.

O partido de Moise proclamou a sua vitória logo a seguir às eleições, provocando reações violentas dos apoiantes da candidata Maryse Narcisse, próxima do ex-presidente Jean Bernard Aristide.

Os resultados definitivos da primeira volta serão publicados no dia 29 de dezembro.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Nigel Farage ultrapassou pela primeira vez partido do primeiro-ministro Rishi Sunak

Modi reivindica vitória nas eleições gerais da Índia

"Agricultores guerreiros" próximos da extrema-direita fizeram protesto "convivial"