Euronews is no longer accessible on Internet Explorer. This browser is not updated by Microsoft and does not support the last technical evolutions. We encourage you to use another browser, such as Edge, Safari, Google Chrome or Mozilla Firefox.

Última hora

Última hora

Trump pronto a trocar "império" por presidência dos EUA

Trump pronto a trocar "império" por presidência dos EUA
Tamanho do texto Aa Aa

Donald Trump vai abandonar a liderança da sua empresa, segundo ele, para evitar o risco de um conflito de interesses durante o mandato como presidente.

O milionário anunciou uma conferência de imprensa para o dia 15 de dezembro, durante a qual deverá passar a liderança da Trump Organization a um dos filhos.

Uma manobra para calar as vozes críticas, quando o presidente que prometeu combater as “elites” nomeou duas figuras de Wall Street para a futura administração.

O investidor Wilbur Ross vai ficar a cargo da pasta do Comércio. O cargo-chave do Tesouro vai ser assumido pelo antigo banqueiro da Goldman Sachs, Steven Mnuchin.

“A nossa prioridade número um vai ser a economia, regressar a um crescimento de entre 3 e 4%, penso que é sustentável e vamos concentrar-nos nos trabalhadores, que são a nossa prioridade”.

Uma nomeação em nome de uma desregulação do mercado que faz franzir sobrolhos após a crise financeira de 2008.

Trump mantém ainda o suspense sobre a escolha para a pasta da diplomacia. Um cargo à medida do ex-rival das primárias Mitt Romney, que defendeu Trump como “o futuro da América” após um mediático jantar com o milionário na terça-feira em Manhattan.