Última hora

Última hora

Exército nigeriano bombardeia campo de refugiados durante operação contra Boko Haram

Em leitura:

Exército nigeriano bombardeia campo de refugiados durante operação contra Boko Haram

Exército nigeriano bombardeia campo de refugiados durante operação contra Boko Haram
Tamanho do texto Aa Aa

Pelo menos 50 pessoas morreram e mais de uma centena ficaram feridas depois do exército nigeriano ter bombardeado por engano um campo de refugiados no norte do país.

O ataque aéreo ocorreu durante uma operação militar contra o grupo terrorista Boko Haram.

Entre as vítimas encontram-se pelo menos três funcionários da Cruz Vermelha nigeriana.

O responsável da operação, o general Lucky Irabor, reconheceu e lamentou o sucedido, sem avançar com um número de vítimas:

“Infelizmente este ataque afetou vários residentes da zona. É o resultado da névoa da guerra. É uma situação infeliz e é por isso que esta guerra tem de terminar”.

O campo de refugiados de Rann está localizado no estado de Borno, o bastião do grupo armado.

A organização Médicos Sem Fronteiras, que opera no campo, denunciou “um ataque inadmissível, em grande escala contra pessoas vulneráveis”.

O bombardeamento ocorre num momento em que o Boko Haram lançou uma nova vaga de ataques no noroeste do país, depois de acumular várias derrotas face à força multinacional que reúne militares da Nigéria, Chade e Camarões.