EventsEventosPodcasts
Loader
Find Us
PUBLICIDADE

Radar... as histórias que não fizeram manchetes

Radar... as histórias que não fizeram manchetes
Direitos de autor 
De  Euronews
Publicado a
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button

À sexta-feira, os jornalistas das 13 línguas da euronews selecionam um conjunto de histórias que não tiveram direito a grande destaque na imprensa internacional.

PUBLICIDADE

À sexta-feira, os jornalistas das 13 línguas da euronews selecionam um conjunto de histórias que não tiveram direito a grande destaque na imprensa internacional.

Nova Zelândia quer salvar cerejas para o Ano Novo chinês h3>

Os produtores de cerejas da Nova Zelândia percorrem quilómetros em helicópteros que sobrevoam baixo os pomares para secar pingos de chuva e proteger milhares de toneladas de fruta que terá como destino a Ásia.

Uma preocupação que visa a proteção máxima das árevores e dos frutos para poder reponder à demanda alimentar crescente por parte dos foliões do Ano Novo Chinês.

China tornou-se o segundo maior consumidor de cerejas da Nova Zelândia depois de Taiwan, e isto nos últimos sete anos.

Juntos, estes dois paises absorvem cerca de 60 por cento das exportações de cereja, por um montante de cerca de 29,1 milhões de euros, valor referenciado o ano passado.

https://t.co/81wJqCRGp5 ReutersUK </ a > Aqui está uma maneira interessante de proteger a colheita afetada pela chuva. </ P> & mdash; FreshProduce Brokers (FPBrokers) 18 de janeiro de 2017 blockquote> </ script>


A força do artista h3>

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Já é 2024 do outro lado do mundo: os festejos na Nova Zelândia, Austrália e China

Austrália e Nova Zelândia dão as boas-vindas a 2024

Nova Zelândia recua na lei antitabaco