Sumo: Dezanove anos depois, o Japão volta a ter um Yokozuna

Sumo: Dezanove anos depois, o Japão volta a ter um Yokozuna
De  Bruno Sousa
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

No Japão o sumo é levado a sério e o país parou para ver Kisenosato receber o título de Yokozuna, a maior honra para um praticamente da modalidade e que há 19 anos não era atribuída a um lutador…

PUBLICIDADE

No Japão o sumo é levado a sério e o país parou para ver Kisenosato receber o título de Yokozuna, a maior honra para um praticamente da modalidade e que há 19 anos não era atribuída a um lutador japonês.

Uma distinção apenas possível pela sua vitória no primeiro torneio do ano, em Tóquio, que lhe permitiu tornar-se no 72º Yokozuna da história, numa lista que remonta ao século XVIII.

Kisenosato tornou-se no quarto Yokozuna no ativo, os outros três nasceram na Mongólia, sendo presenteado com uma dourada de proporções generosas, um símbolo de gratidão no país.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Brasil de ouro e Portugal de bronze no fecho do Grand Slam de judo de Tóquio

Brasil de prata e Portugal com entrada fria no Grand Slam de judo em Tóquio

Turoboyev triunfa em casa no Grand Slam de Tashkent