Última hora

Última hora

Trump promete combater suspensão de proibição de entrada de pessoas de países muçulmanos

Em leitura:

Trump promete combater suspensão de proibição de entrada de pessoas de países muçulmanos

Trump promete combater suspensão de proibição de entrada de pessoas de países muçulmanos
Tamanho do texto Aa Aa

A administração Trump promete combater a decisão de um juiz federal de Seattle que suspendeu temporariamente, a nível nacional, a proibição de entrada de pessoas de sete países muçulmanos, decretada pelo novo presidente dos Estados Unidos e alvo de grande contestação.

A suspensão é válida até ser feita uma revisão completa da queixa apresentada pelo procurador-geral de Washington. Bob Ferguson diz que “é obviamente uma decisão histórica, importante para o Estado de Direito, para a população do Estado de Washington e para todo o país. Não é a voz mais forte que vence num tribunal, mas sim a Constituição”.

Ferguson apresentou uma ação legal com o objetivo de invalidar as disposições essenciais da ordem executiva de Trump.

Manifestantes de várias confissões religiosas juntaram-se a muçulmanos por ocasião das orações de sexta-feira, no exterior do aeroporto JFK em Nova Iorque, numa demonstração de solidariedade com os cidadãos do Irão, Iraque, Líbia, Somália, Sudão, Síria e Iémen afetados pela interdição da entrada nos Estados Unidos.