EventsEventos
Loader

Find Us

FlipboardLinkedin
Apple storeGoogle Play store
PUBLICIDADE

Presidente da Roménia exclui eleições antecipadas

Presidente da Roménia exclui eleições antecipadas
Direitos de autor 
De  Ricardo Figueira
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Klaus Iohannis discursou para um parlamento meio vazio, enquanto a população exige a demissão do governo.

PUBLICIDADE

No pico da crise política na Roménia, em que nem a retirada do decreto polémico sobre a corrupção impediu a continuação dos protestos contra o governo, o presidente do país discursou perante um parlamento meio vazio.

Mal o presidente, opositor do governo, começou a discursar, os deputados do Partido Social Democrata, principal partido no executivo, deixaram a sala: “A Roménia precisa de um governo que seja transparente, que governe de forma previsível, à luz do dia e sem se esconder. É preciso fazer leis para a Roménia e não para um conjunto de políticos com problemas”, disse Klaus Iohannis no discurso.

Apesar das críticas, Iohannis, de centro-direita, não quer, pelo menos para já, marcar eleições antecipadas.

Em Bucareste, na noite de segunda, tiveram lugar os maiores protestos da era democrática. Depois das manifestações contra um decreto-lei que descriminalizava vários casos de corrupção e beneficiava o líder social-democrata, a população quer agora a demissão do executivo e a marcação de eleições.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Festival das Tulipas na Roménia, uma tradição com mais de meio século

Mansão do rei Carlos III na Roménia reabriu ao público

Partidos de direita da Roménia juntam esforços para campanha às europeias