EventsEventosPodcasts
Loader

Find Us

PUBLICIDADE

EUA: risco de colapso de barragem obriga à retirada de cerca de 200 mil pessoas

EUA: risco de colapso de barragem obriga à retirada de cerca de 200 mil pessoas
Direitos de autor 
De  Euronews
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button

Cerca de 200 mil pessoas tiverem de sair das suas casas, esta manhã, no norte da Califórnia, nos Estados Unidos, devido ao risco de colapso da barragem de…

PUBLICIDADE

Cerca de 200 mil pessoas tiverem de sair das suas casas, esta manhã, no norte da Califórnia, nos Estados Unidos, devido ao risco de colapso da barragem de Oroville.

As autoridades ordenaram a evacuação das localidades de Oroville, Palermo, Gridley, Thermalito, South Oroville, Oroville Dam, Oroville East e Wyandotte.

In Oroville area evacuations, some unsure where to turn https://t.co/ATrR6aKSJPpic.twitter.com/tKPav8dyNv

— Los Angeles Times (@latimes) February 13, 2017

A evacuação teve início depois de o Serviço Meteorológico Nacional ter emitido, na noite de domingo, um aviso de inundação pelo “potencial” colapso de uma secção da barragem de Oroville, situada a cerca de 250 quilómetros a nordeste de São Francisco.

“Se isto não for resolvido, se não tratarmos disto, se não mitigarmos isto adequadamente… Essencialmente, estamos a trabalhar ao lado de uma parede de 30 metros de água que está a sair do lago. Não estamos a falar de drenagem mas de uma parede de 30 metros de água. Por isso, tomámos as providências necessárias. O xerife implementou o processo de evacuação”, afirma o chefe do departamento de proteção civil, Kevin Lawson.

Segundo as autoridades, a barragem não está em perigo de colapso, mas há preocupações quanto à segurança da estrutura.

Desde a descoberta das fissuras, ao dique está a bombar quase 3 mil metros cúbicos de água por segundo para reduzir o volume de água do reservatório e com isso, diminuir a pressão na estrutura.

As equipas, no local, estão a tentar tapar o buraco com sacos de pedras.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Sul da Califórnia já não via tempestade assim há 84 anos

EUA: O rasto de destruição deixado pela tempestade Hilary na Califórnia

Quebra de glaciar no Alasca provoca cheias e colapso de casas