Euronews is no longer accessible on Internet Explorer. This browser is not updated by Microsoft and does not support the last technical evolutions. We encourage you to use another browser, such as Edge, Safari, Google Chrome or Mozilla Firefox.

Última hora

Última hora

Lyon: Cidade do Empreendedorismo

Lyon: Cidade do Empreendedorismo
Tamanho do texto Aa Aa

Lyon é a segunda cidade forte em termos de empreendedorismo, em França. Quais os segredos do seu dinamismo empresarial? Como é que a cidade conseguiu entrar num ecossistema que permite que as PME locais vençam nos mercados internacionais – e num dos setores de excelência – como a indústria médica.

  • A indústria médica da UE é líder global com vendas no valor de 100 mil milhões de euros, o que representa 30% do mercado mundial.
  • Na Europa, a indústria de equipamento médico emprega, aproximadamente, 500 mil pessoas. Cerca de 95% das empresas deste setor são PMEs.
  • A indústria é altamente inovadora: todos os anos, 10% dos lucros das vendas anuais são reinvestidos em investigação. É registada uma nova patente europeia a cada 50 minutos.
  • “Lyon Ville de l’Entrepreneuriat” ganhou o Prémio Europeu de Promoção Empresarial 2016 na categoria “Promoção do Espírito Empresarial”. Os prémios recompensam os que promovem o empreendedorismo e as pequenas empresas a nível nacional, regional e local.

Links Úteis

Business Planet a partir da “Now Coworking”, em Lyon. É a segunda maior cidade da França em termos de empreendedorismo. Raddouane Ouama. É o coordenador do projeto: “Lyon Cidade do Empreendedorismo” – uma rede muito ativa: “Sim, temos uma dupla ambição: promover o empreendedorismo e ajudar as empresas a crescer. A rede tem 50 parceiros, 200 especialistas e todos os anos trabalha com mais de 15 mil empresários”.

É uma verdadeira revolução no tratamento do glaucoma. É uma doença que causa a destruição progressiva do olho e é uma das principais causas de cegueira no mundo.

É utilizada uma ferramenta que é única. Uma técnica que recorre ao ultrassom – assim a cirurgia invasiva é evitada.
Fabrice Romano é cofundador da empresa por detrás desta inovação: “Todos os dias, há pacientes em vários locais do mundo, aos quais vamos conservar a visão e impedir que fiquem cegos. Sinto-me completamente realizado com isso”.

Mais de 50% do volume de negócios desta PME é reinvestido em investigação e desenvolvimento. O produto evoluiu consideravelmente desde o lançamento em 2013. Depois de ser comercializado na Europa, está prestes a ser lançado na Índia e na China.

Quando a empresa foi criada, recebeu ajuda financeira e ficou um ano numa das incubadoras de negócios de Lyon.
Isso permitiu estabelecer as primeiras patentes e preparar a angariação de fundos para e chegar ao mercado.

“O mais notável é que o projeto:“Lyon Cidade do Empreendedorismo” é extremamente eficiente. Todos os membros da rede trabalham bem em conjunto. se houver uma questão, alguém da rede vai dar a resposta e rapidamente”, acrescenta Fabrice Romano.

Na Europa, a indústria médica emprega 500 mil pessoas. Quase 95% das suas empresas são PME’s. A rede de Lyon recebeu este ano um dos prémios europeus para a promoção do espírito empresarial.