Incapaz de derrubar o Obamacare, Trump deseja-lhe má sorte

Incapaz de derrubar o Obamacare, Trump deseja-lhe má sorte
Direitos de autor 
De  Nelson Pereira
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Obrigado a desistir do seu plano de saúde, por não ter votos suficientes na Câmara dos Representantes, o presidente dos Estados Unidos, conta as munições.

PUBLICIDADE

Obrigado a desistir do seu plano de saúde, por não ter votos suficientes na Câmara dos Representantes, o presidente dos Estados Unidos, conta as munições.

Donald Trump pretendia colocar em prática o American Health Care Act, a versão republicana do plano de saúde norte-americano. Já que não conseguiu substituir o Obamacare (Patient Protection and Affordable Care Act ou Lei de Proteção e Cuidado ao Paciente), não resta ao presidente outra alternativa senão desejar-lhe má sorte:

“O melhor que temos a fazer, em termos de política, é deixar o Obamacare implodir. Já está a acontecer em vários estados. Quase todos têm problemas.”

O próximo alvo de Trump é a reforma dos impostos. Sem a lealdade dos republicanos nem apoio democrata.

“Provavelmente vamos avançar agora para a reforma do sistema fiscal, o que poderíamos ter feito antes, mas isso realmente teria funcionado melhor se pudéssemos ter algum apoio democrata”, disse o presidente americano.

Donald Trump sofreu o primeiro revés legislativo do seu mandato. Caiu por terra uma das principais bandeiras da sua campanha presidencial, um objetivo para os republicanos desde que Barack Obama conseguiu a aprovação da sua reforma de saúde.

A notícia foi dada em primeiro lugar pelo jornalista Robert Costa, do Washington Post, a quem o presidente telefonou para anunciar a decisão.

“Hello, Bob,” Trump began. “So, we just pulled it.” https://t.co/Mve7xEgTo1

— Robert Costa (@costareports) 24 mars 2017

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Dia humilhante para Trump depois de falhanço na reforma da saúde

Processo de seleção do júri promete atrasar julgamento de Trump

Trump paga 175 milhões de dólares para evitar apreensão de bens em caso de fraude