A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.
Última hora

Brexit: Gazprom pondera relocalizar escritório londrino

Brexit: Gazprom pondera relocalizar escritório londrino
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

O Brexit preocupa a Gazprom.

Segundo o jornal Financial Times, a petrolífera russa pondera abandonar Londres e relocalizar as operações comerciais e de marketing noutro país. O objetivo é manter o acesso ao mercado europeu em caso de Brexit duro.

Londres acolhe a divisão comercial da Gazprom desde 1999, mas pessoas próximas do dossiê adiantam que a gestão a partir da capital britânica deixou de ser vantajosa.

A Gazprom emprega 450 pessoas em Londres. A petrolífera possui também escritórios em França, na Suíça, em Singapura e nos Estados Unidos

A Gazprom segue assim o exemplo da seguradora britânica Lloyd’s of London que escolheu Bruxelas para instalar parte das atividades.