Euronews is no longer accessible on Internet Explorer. This browser is not updated by Microsoft and does not support the last technical evolutions. We encourage you to use another browser, such as Edge, Safari, Google Chrome or Mozilla Firefox.

Última hora

Última hora

O míssil da Coreia do Norte tinha como alvo a base americana de Guam

O míssil da Coreia do Norte tinha como alvo a base americana de Guam
Tamanho do texto Aa Aa

A Coreia do Norte confirma que o míssil balístico de médio alcance visava a base militar norte-americana de Guam, com objetivo conter as manobras militares conjuntas dos Estados Unidos e da Coreia do Sul.

A explicação foi dada em comunicado. Alguns analistas internacionais acreditam que a falta de entusiasmo com que os media norte-coreanos noticiaram o lançamento pode significar que houve problemas técnicos e o míssil partiu noutra direção.

Na reunião de emergência do Conselho de Segurança da ONU, o presidente pediu à Coreia do Norte que acabe com este tipo de ações e à comunidade internacional que implemente as sanções decretadas pela ONU.

Os 15 membros do conselho condenaram firmemente a povocação de Pyongyang, mas a China pede o fim das sanções individuais de cada país contra o regime norte-coreano e a Rússia insiste para que Washington e Seul ponham fim às manobras militares conjuntas e abandonem o projeto de escudo anti-míssil para a Coreia do Sul.