NATO avisa Coreia do Norte de que terá uma "resposta global"

NATO avisa Coreia do Norte de que terá uma "resposta global"
De  Euronews
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

A NATO não está diretamente envolvida no conflito que opõe, em especial, a Coreia do Norte e os Estados Unidos da América, mas reitera que a multiplicação de ensaios nucleares e de mísseis balísticos do regime de Kim Jong-un são uma "ameaça mundial".

PUBLICIDADE

O “comportamento imprudente” da Coreia do Norte terá uma resposta global”, quem o afirma é o secretário-geral da Organização do Tratado do Atlântico Norte.

A NATO não está diretamente envolvida no conflito que opõe, em especial, a Coreia do Norte e os Estados Unidos da América, mas reitera que a multiplicação de ensaios nucleares e de mísseis balísticos do regime de Kim Jong-un são uma “ameaça mundial”.

“O comportamento imprudente da Coreia do Norte é uma ameaça global e requer uma resposta global e claro, isso inclui também a NATO”, assegura Jens Stoltenberg.

I strongly condemn North Korea’s nuclear test. #NATO calls on Pyongyang to abandon its nuclear program. https://t.co/jkZeUG6rqQ

— Jens Stoltenberg (@jensstoltenberg) September 3, 2017

No sábado, no Japão, na cidade de Nagasaki, dezenas de pessoas organizaram um protesto contra o uso de armas nucleares.

Os manifestantes escolheram o dia em que a Coreia do Norte celebrou os 69 anos da sua fundação.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Kim Jong-un mostra armas ao ministro da Defesa da Rússia

Militar dos EUA foge para a Coreia do Norte

Dezenas de manifestantes anti-NATO entram em confronto com a polícia em Nápoles