Euronews is no longer accessible on Internet Explorer. This browser is not updated by Microsoft and does not support the last technical evolutions. We encourage you to use another browser, such as Edge, Safari, Google Chrome or Mozilla Firefox.
Última hora

Mais medalhas para o Brasil no Grande Prémio de Zagreb de Judo

Mais medalhas para o Brasil no Grande Prémio de Zagreb de Judo
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

Segundo dia do Grande Prémio de Zagreb, de Judo, com a visita da presidente da República da Croácia ao evento. Um dia com mais medalhas para o Brasil.

“Dou as boas-vindas a Zagreb, na Croácia, a todas as equipas, todos os jogadores, todos os treinadores, e desejo-lhes todo o sucesso, tudo de bom”, declarou Kolinda Grabar-Kitarovic.

Atleta masculino do dia

O judoca canarinho Eduardo Barbosa conquistou o bronze, na categoria -73 Kg, mas foi Rustam Orujov, do Azerbaijão, o homem do segundo dia de provas.

Na final, na mesma categoria, ele bateu, por Ippon, Tommy Macias, da Suécia, e ganhou o ouro com um desempenho impecável.

O vice-campeão do mundo queria chegar ao primeiro lugar do pódio e fazer ouvir o hino do seu país.

Uma forma de compensação depois da prata conquistada em Budapeste:

“Depois dos mundiais fiquei um pouco desapontado com o meu desempenho,_ por isso vim aqui, pela medalha de ouro. A minha preparação foi boa e estou muito feliz por levar para casa o ouro”_, afirmou Orujov.

Atleta feminina do dia

Nas competições femininas Nami Nabekura, nos -63 kg, distinguiu-se das outras judocas, Numa final japonesa fez dois Waza Ari, o primeiro um potente Uchi Mata, e o segundo um espectacular Seoi Nage. Megumi Tsugane teve de contentar-se com o segundo posto.

Ouro para o Brasil

A segunda medalha para o Brasil foi de ouro. Barbara Timo, nos -70 kg, surpreendeu a francesa Fanny-Estelle Posvite no minuto final.

A judoca conquistou assim o seu primeiro ouro numa competição mundial, em 4 anos.

Momento do dia

Attila Ungvari, da Hungria, impôs-se também a um judoca gaulês, Jonathan Allardon, no último jogo do dia, a final dos -81kg. Este foi o momento do dia.

Ungvari dominou e fez uma ótima combinação de ataques, antes de uma vitória por ippon. Uma excelente demonstração técnica de Judo.

O dia terminou com o hino húngaro.

O Brasil ocupa o segundo lugar entre os países com mais medalhas, quatro, duas de ouro e duas de bronze. A Tabela é liderada pelo Japão com quatro primeiros lugares e um terceiro.