Euronews is no longer accessible on Internet Explorer. This browser is not updated by Microsoft and does not support the last technical evolutions. We encourage you to use another browser, such as Edge, Safari, Google Chrome or Mozilla Firefox.

Última hora

Última hora

Demasiado ousado para o Louvre

Demasiado ousado para o Louvre
Tamanho do texto Aa Aa

É demasiado para o Louvre mas é engraçado para o Centro Pompidou, que recebe agora a polémica instalação “Domestikator”.
A mudança acontece depois das várias críticas do público, que considera que a obra é sexualmente explícita.
O autor, Joep Van Lieshout, lamenta a decisão do Louvre:

“ Primeiro fiquei surpreendido e depois desapontado por não poder mostrar o meu trabalho e explicar as minhas ideias ao grande público. Não penso que seja demasiado explícito sexualmente e não sei o que fazer para contrariar essa ideia. Chama-se Domestikator e tem a ver com domesticação que, na verdade, é uma coisa positiva. Tem a ver com a forma como os humanos começaram a usar os animais na agricultura para melhorarem as suas vidas, sobre a revolução industrial…”

Com 12 metros de altura e formada por material reciclável, a instalação chegou a Paris para participar na Feira Internacional de Arte Contemporânea. Em comunicado, o Louvre explicou que apesar da obra expor de forma lúdica e artística a dominação do homem sobre o planeta Terra, é impossível ignorar a sua conotação sexual.