Euronews is no longer accessible on Internet Explorer. This browser is not updated by Microsoft and does not support the last technical evolutions. We encourage you to use another browser, such as Edge, Safari, Google Chrome or Mozilla Firefox.
Última hora

Judo - Abu Dhabi: sangue novo confirma qualidade e conquista ouro

Judo - Abu Dhabi: sangue novo confirma qualidade e conquista ouro
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

Anna Bernholm conquista primeira medalha de ouro num Grand Slam

No segundo dia do Grand Slam de Judo de Abu Dhabi, a sueca Anna Bernholm foi eleita “a mulher do dia” ao derrotar a holandesa Kim Polling e conseguir a sua primeira medalha de ouro num Grand Slam.

Bernholm, que decidiu subir da categoria dos -63 para os -70Kg a pensar nos Jogos Olímpicos de Tóquio 2020, foi já no ponto dourado que marcou o waza-ari com que conquistou a medalha de ouro.

Jovem Frank De Wit de volta à melhor forma

O holandês Frank De Wit, foi considerado “o homem do dia” depois de derrotar o judoca Otgonbaatar, da Mongólia, na final de -81kg.

O jovem de 21 anos, que começou o ano a ganhar o Grand Slam de Paris, apesar de pouco consistente ao longo do ano, em Abu Dhabi levou a melhor sobre o adversário ao aplicar um osaekomi durante 20 segundos.

Italiana Gwend conquista medalha de ouro em -63Kg e Unterwurzacher brilha

O presidente da Federação de Judo dos Emirados Árabes Unidos, Mohammed Bin Taloub Al Daree, entregou a medalha de ouro à italiana Edwige Gwend que, em -63kg, bateu a britânica Lucy Renshall.

Mas a estrela do dia foi a austríaca Kathrin Unterwurzacher, a número 3 do mundo conquistou a medalha de ouro com um espetacular Ko-Soto-Gake para ippon.

Embora tivesse vindo à procura de ouro, ganhar o bronze com um judo de alto nível é sempre bom.

Odbayar leva o ouro de -73Kg para a Mongólia

O judoca da Mongólia, Ganbaatar Odbayar, quem arrecadou o ouro da categoria -73Kg ao bater o russo Musa Mogushkov.

Entretanto, todos os olhos estavam postos no número 2 do mundo e medalha de prata nos Jogos Olímpicos, Rustam Orujov, do Azerbaijão, que enfrentou o belga Dirk Van Tichelt na luta pelas medalhas de bronze. Orujov mostrou a razão de ser tão apreciado com um enorme Harai Maki Komi ippon. Somou mais uma medalha à sua coleção e, como sempre, saiu do tatami com um sorriso na cara.

O movimento do dia

O movimento do dia vem da categoria -73kg foi protagonizado pelo russo Dennis Iartcev frente ao português Jorge Fernandes.