Euronews is no longer accessible on Internet Explorer. This browser is not updated by Microsoft and does not support the last technical evolutions. We encourage you to use another browser, such as Edge, Safari, Google Chrome or Mozilla Firefox.
Última hora

Vaga de fome no Iémen já fez milhares de vítimas

Vaga de fome no Iémen já fez milhares de vítimas
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

O país está a enfrentar uma das maiores vagas de fome das últimas décadas.

Na segunda-feira passada, os rebeldes Houthi lançaram um míssil na cidade de Riade, o que fez com que a Arábia Saudita tivesse fechado as fronteiras que dão acesso ao Iémen.

A arábia Saudita diz ter tomado tal medida para ntercetar armas que estariam a ser fornecidas aos rebeldes pelo Irão. O Irão já veio desmentir ter fornecido tal material.

As Nações Unidas alertaram para o problema, o secretário Mark Lowcock disse que se as fronteiras não abrirem, esta vaga de fome será muito pior do que os casos que se conhecem do passado. “Não será como a vaga de fome do Sul do Sudão no início do ano, onde dezenas de milhares de pessoas foram afetadas. Não será como a fome na Somália em 2011, onde 250 mil pessoas perderam a vida. Será a maior vaga de fome que o mundo viu em décadas. Com milhões de vítimas”

A fome no Iémen já fez milhares de vítimas.