O inferno dos refugiados em Chios

O inferno dos refugiados em Chios
Direitos de autor 
De  Ricardo Figueira
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

As condições são más e, com o inverno, tudo piora.

PUBLICIDADE

Estamos no campo de refugiados da ilha de Chios, na Grécia. O campo tem capacidade para 800 pessoas, mas agora são mais de 2300. Só em outubro, chegaram aqui mais de mil pessoas e, desde o início do mês de novembro, ficaram aqui quase 600 dos mais de 2000 refugiados que chegaram às ilhas do norte do Egeu. As condições são más e, com o inverno, tudo piora.

“Está frio, é inverno. Precisamos de contentores para as crianças. De mim não quero saber, mas tenho filhos e a minha mulher está grávida. Não nos podemos proteger da chuva”, conta Adbulmajed Hussain, refugiado sírio.

No campo, têm comida, água e medicamentos. Mas nem tudo aqui é gratuito. Kasim é iraquiano e teve de pagar 45 euros pela tenda onde dorme.

Outros queixam-se da lentidão das burocracias: “Esperamos, esperamos, esperamos. Porquê? O meu bebé está doente e precisamos de ir para um hospital”, diz Mahmod Akla, iraquiano de 29 anos.

Todos os meses, cerca de 200 migrantes e refugiados são transportados de Chios para Atenas, No entanto, são muitos mais os que chegam da Turquia. O campo está cheio e não pode acolher mais pessoas, por isso há refugiados a montar tendas à volta do campo.

Com Apostolos Staikos, em Chios

And this is the condition of #refugees in #Vial#hotspot in #Chios#Greece. Tents, rain and families with kids inside mud. #OpenTheIslands#CloseTheHotspots#RegugeesGr
Photo by refugees inside hotspot pic.twitter.com/GVvLs3EN3p

— City Plaza Squat (@sol2refugees) November 18, 2017

NOW:
People refuse to eat the meals provided by the state in VIAL detention center of #Chios.#Refugeesgr#antireport
Photo by a refugee pic.twitter.com/k7GBhNNpql

— Theurgia_Goetia (@Theurgia_Goetia) November 18, 2017

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Autarcas de ilhas gregas pedem mais apoios à economia afetada pela crise dos refugiados

Grécia: Campo de refugiados é atacado a cocktails molotov

Grécia: Manifestação violenta em Quios contra migrantes