Euronews is no longer accessible on Internet Explorer. This browser is not updated by Microsoft and does not support the last technical evolutions. We encourage you to use another browser, such as Edge, Safari, Google Chrome or Mozilla Firefox.

Última hora

Última hora

Uma Thurman arrasa Harvey Weinstein

Uma Thurman e Harvey Weinstein
Uma Thurman e Harvey Weinstein
Tamanho do texto Aa Aa

Uma Thurman fez sentir toda a sua fúria relativamente ao escândalo de abuso sexual que tem Harvey Weinstein como protagonista. A norte-americana usou as redes sociais para partilhar a sua experiência e reconheceu que ela própria tinha sido vítima.

Na mensagem de ação de graças, Uma Thurman agradeceu a todos os que tiveram coragem de erguer a voz na defesa dos outros. No entanto a sua mensagem esteve longe de se limitar aos agradecimentos típicos da data.

Numa fase inicial, a atriz tinha preferido não comentar por ainda se encontrar demasiado zangada, agora não foi nada meiga e admitiu estar satisfeita pela lenta agonia do produtor, acrescentando que este nem merece uma bala. Nem ele, nem o seu grupo de conspiradores perversos.

Apesar de não ter acusado diretamente Weinstein, a atriz ilustrou a mensagem com uma imagem do filme Kill Bill, onde trabalharam juntos. Uma Thurman junta assim o seu nome a uma lista de vítimas como Gwyneth Paltrow e Rose McGowan, que já reagiu no Instagram com uma simples mensagem de boas vindas...

Hello Uma. Welcome

Une publication partagée par Rose McGowan (@rosemcgowan) le