EventsEventosPodcasts
Loader
Encontra-nos
PUBLICIDADE

Uma Thurman arrasa Harvey Weinstein

Uma Thurman e Harvey Weinstein
Uma Thurman e Harvey Weinstein
Direitos de autor 
De  Bruno Sousa
Publicado a
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Atriz de Kill Bill admite ter sido vítima de assédio sexual e refere que Harvey Weinstein nem merece uma bala

PUBLICIDADE

Uma Thurman fez sentir toda a sua fúria relativamente ao escândalo de abuso sexual que tem Harvey Weinstein como protagonista. A norte-americana usou as redes sociais para partilhar a sua experiência e reconheceu que ela própria tinha sido vítima.

Na mensagem de ação de graças, Uma Thurman agradeceu a todos os que tiveram coragem de erguer a voz na defesa dos outros. No entanto a sua mensagem esteve longe de se limitar aos agradecimentos típicos da data.

Numa fase inicial, a atriz tinha preferido não comentar por ainda se encontrar demasiado zangada, agora não foi nada meiga e admitiu estar satisfeita pela lenta agonia do produtor, acrescentando que este nem merece uma bala. Nem ele, nem o seu grupo de conspiradores perversos.

Apesar de não ter acusado diretamente Weinstein, a atriz ilustrou a mensagem com uma imagem do filme Kill Bill, onde trabalharam juntos. Uma Thurman junta assim o seu nome a uma lista de vítimas como Gwyneth Paltrow e Rose McGowan, que já reagiu no Instagram com uma simples mensagem de boas vindas...

Hello Uma. Welcome

Une publication partagée par Rose McGowan (@rosemcgowan) le

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Asia Argento nega abuso sexual mas confirma "compra" de silêncio

Harvey Weinstein poderá ser acusado de violação em Nova Iorque

Rose McGowan: "Weinstein violou-me"