Euronews is no longer accessible on Internet Explorer. This browser is not updated by Microsoft and does not support the last technical evolutions. We encourage you to use another browser, such as Edge, Safari, Google Chrome or Mozilla Firefox.

Última hora

Última hora

Asia Argento nega abuso sexual mas confirma "compra" de silêncio

Asia Argento nega abuso sexual mas confirma "compra" de silêncio
Tamanho do texto Aa Aa

Asia Argento reagiu finalmente à notícia do New York Times sobre um pagamento pelo silêncio num alegado caso de abuso sexual de um rapaz de 17 anos, em 2013.

A vítima teria sido o também ator Jimmy Bennet, com quem a italiana, de 42 anos, teria trabalhado algumas vezes na década anterior e o qual tratava por "filho" nas trocas de mensagens mútuas partilhadas pelas redes sociais.

Numa declaração divulgada esta terça-feira pelo jornalista nova-iorquino Yashar Ali, Asia Argento desmente o artigo do jornal e acusa Bennet de a ter tentado chantagear para resolver os graves problemas económicos em que se viu envolvido.

O jovem ator e músico estaria a tentar aproveitar-se da exposição da italiana no movimento #MeToo, espoletado pelo escândalo com o produtor de Hollywood Harvey Weinstein.

"Nunca tive qualquer relação de cariz sexual com Bennet. Estive ligada a ele durante vários anos apenas por amizade, a qual acabou quando, na sequência da minha exposição no caso Weinstein, Bennet me fez um exorbitante pedido de dinheiro", acusa a atriz.

Na altura dessa exigência de Bennet, Argento era namorada da estrela de televisão Antony Bourdain, que entretanto morreu.

Em causa estará uma visita do jovem ator, em 2013, à atriz e que ficou assinalada publicamente pela italiana com uma "selfie" de ambos partilhada na rede social Instagram no dia 10 de maio de 2013, com a seguiinte legenda: "SonnySunny, obrigado pelo raio de sol que me proporcionaste, Jimmy Bennet."

SonnySunny thank you for the sunshine you gave to me @jimmymbennett

Une publication partagée par asiaargento (@asiaargento) le

Selfie no dia que terá originado a chantagem

"Bennet sabia que o meu namorado era um homem com uma grande fortuna e que tinha a sua própria boa reputação de figura pública a proteger. Antony insistiu em resolver o assunto de forma privada e isso também era o desejado por Bennet. (...) Decidimos lidar com compaixão perante o pedido de ajuda de Bennet e pagamos-lhe. Anthony assumiu pessoalmente a ajuda económica a Bennet sob condição de não voltarmos a sofrer intrusões na nossa vida", explicou.

A atriz remata a declaração afirmando não ter outra opção se não "contrariar estas falsas alegações" e tomar "a breve prazo todas as iniciativas necessárias" para se "proteger perante todas as entidades competentes" para tal.

O New York Times já havia noticiado entretanto que a polícia estaria a preparar-se para investigar as alegações contra Asia Argento, embora os advogados de Jimmy Bennet tenham revelado segunda-feira à noite que o ator ainda não tinha sido contactado pelas autoridades.

Além de cineasta, Asia Argento é também conhecida em Portugal pela música e por ter colaborado na obra prima do projeto português The Legendary Tigerman, o álbum "Femina", de 2009. A italiana deu voz a "My Stomach is the Most Violent of All of Italy".