Euronews is no longer accessible on Internet Explorer. This browser is not updated by Microsoft and does not support the last technical evolutions. We encourage you to use another browser, such as Edge, Safari, Google Chrome or Mozilla Firefox.

Última hora

Última hora

Putin classifica de "ato terrorista" explosão em São Petersburgo

Putin classifica de "ato terrorista" explosão em São Petersburgo
Tamanho do texto Aa Aa

Vladimir Putin classificou de ato terrorista a explosão num supermercado, quarta-feira, na cidade de São Petersburgo. O presidente afirmou-o no início de uma cerimónia de condecoração de militares que participaram da operação conduzida por Moscovo na Síria, que decorreu no Kremlin. Para Putin a participação russa na resolução do conflito foi crucial:

"Ontem, foi cometido um ato terrorista em São Petersburgo. O Serviço de Segurança Federal evitou um outro. O que teria acontecido se os milhares ou centenas que foram mortos por vocês regressassem a casa, treinado, armado e bem preparado", afirmou Putin.

Entretanto o número de feridos subiu de 10 para 13.Eram cerca das 18h30, hora local, 15h30 em Lisboa quando ocorreu a explosão, num supermercado da segunda maior cidade russa, provocada por um dispositivo artesanal.

Em abril, um atentado suicida, no metro de São Petersburgo, matou 16 pessoas e feriu mais de meia centena.