Última hora

Última hora

Incêndio em Nova Iorque provocado por criança de três anos

Em leitura:

Incêndio em Nova Iorque provocado por criança de três anos

Incêndio em Nova Iorque provocado por criança de três anos
Tamanho do texto Aa Aa

O incêndio que deflagrou, na noite de quinta-feira, num prédio em Nova Iorque foi provocado por uma criança de três anos. De acordo com os bombeiros, o menor estava a brincar com um fogão a gás sem supervisão parental. 12 pessoas morreram, quatro dos feridos estão em estado grave. O fogo que começou no rés-do-chão, depressa se propagou aos outros andares.

"A mãe deixou o apartamento com os filhos de dois e três anos de idade e deixou a porta aberta. Isso fez com que as chamas se propagassem pelas escadas. Escadas, essa, que funcionaram como uma chaminé. O incêndio propagou-se de tal forma rápido que as pessoas quase não tiveram tempo de reagir" afirma Daniel Nigro, comissário dos bombeiros de Nova Iorque.

Cerca de 170 bombeiros estiveram envolvidos no combate às chamas, uma operação que só terminou ao fim de cerca de três horas.

Várias pessoas conseguiram abandonar o edifício de quatro andares pelas escadas de incêndio

"A única coisa que vi foi os africanos que viviam no segundo andar e onde morreu uma criança" refere Milica Garcia, sobrevivente.

Entre as vítimas mortais estão quatro crianças. De acordo com o mayor de Nova Iorque trata-se de um dos incêndios mais mortíferos de sempre na cidade.

A imprensa norte-americana, adianta, que o prédio terá sido sinalizado por violação de regras de segurança e deficiências na resistência a incêndios.