EventsEventosPodcasts
Loader

Find Us

PUBLICIDADE

Israel oferece 3200€ a cada migrante ilegal que sair do país

reuters
reuters
Direitos de autor 
De  Euronews
Publicado a
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

O governo quer que todos os migrantes ilegais saiam do país em três meses

PUBLICIDADE

Israel fez um ultimato a todos os migrantes africanos que estão ilegais no país. Têm três meses para sair, se não o fizerem serão detidos.

O governo israelita oferece a cada uma destas pessoas 3200 euros se saírem em menos de 90 dias.

Quem não está a aceitar este incentivo monetário é a Agência de Migrantes das Nações Unidas, que diz que este plano viola as leis israelitas e as leis internacionais.

Israel defende-se, diz que usa o termo "migrantes ilegais" com todos aqueles que não entraram no país por portas oficiais.

O porta voz da autoridade de migrantes em Israel disse que existem cerca de 30 mil pessoas ilegais no país e apenas 1200 estão em centros controlados pelo estado.

A maioria destas pessoas é proveniente do Sudão e da Eritreia.

Partilhe esta notíciaComentários