Última hora

Última hora

Philippe Coutinho: "O meu sonho era vir para o Barcelona"

Em leitura:

Philippe Coutinho: "O meu sonho era vir para o Barcelona"

Philippe Coutinho: "O meu sonho era vir para o Barcelona"
Tamanho do texto Aa Aa

Philippe Coutinho foi finalmente apresentado esta segunda-feira como reforço do Barcelona para os próximos cinco anos e meio.

O jogador brasileiro, de 25 anos, foi apresentado em Camp Nou perante sete mil pessoas e não escondeu a sua satisfação por assinar contrato com o clube catalão, garantindo que a transferência foi a realização de um sonho.

"O meu sonho era vir para o Barcelona. Nunca tive dúvidas ao assinar por este clube e é uma honra poder jogar ao lado dos meus ídolos. Espero ser feliz, desfrutar muito e ganhar títulos", afirmou o médio criativo, relativizando o facto de não poder competir mais esta época na Liga dos Campeões: "Agora não poderei jogar na Champions, mas tenho contrato por cinco e anos e espero poder jogar a Champions em muito mais temporadas".

A transferência marca também o regresso de Coutinho à liga espanhola, na qual representou o Espanhol de Barcelona em 2011/12, então por empréstimo do Inter de Milão, o seu primeiro clube no futebol europeu.

Depois de longos meses de namoro com o ex-jogador do Liverpool, o casamento tornou-se oficial por uma verba a rondar os 160 milhões de euros, segundo a imprensa inglesa, mas que o Barcelona não quis confirmar.

"A diferença entre fazer agora o negócio e no mercado de transferências do verão foi muito importante. O preço que pagámos foi muito mais baixo do que aquele que nos pediram no verão. No entanto, não podemos falar sobre os valores, porque o Liverpool pediu-nos para não o fazer", explicou Jordi Mestre, diretor desportivo dos catalães.

O internacional brasileiro passou também nos habituais exames médicos, mas deverá ter de esperar por fevereiro para fazer a sua estreia pelo Barcelona devido a uma lesão muscular.

Com este negócio, Philippe Coutinho, que fica 'blindado' por uma cláusula de rescisão de 400 milhões de euros, passou a ser o terceiro jogador mais caro de sempre, apenas atrás de Neymar, que lidera a lista após a transferência do Barcelona para o PSG por 222 milhões de euros, e de Mbappé, que deixou o Mónaco para rumar também ao PSG por 182 milhões.