EventsEventosPodcasts
Loader

Find Us

PUBLICIDADE

Dia de greve nas prisões francesas

Dia de greve nas prisões francesas
Direitos de autor 
De  Euronews
Publicado a
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Sindicatos exigem melhores condições de trabalho e protestam contra agressões sofridas às mãos dos detidos.

PUBLICIDADE

Esta segunda-feira foi dia de greve nas prisões francesas.

Os sindicatos exigem mais meios para trabalhar. Os guardas dizem que colocam em risco a vida quando se trata de vigiar presos cujos crimes se relacionam, por exemplo,  com o islamismo radical.

De acordo com os sindicatos, um jiadista, de nacionalidade alemã, atacou três guardas com uma arma branca numa prisão no norte de França.

O diretor apresentou a demissão, exigida plos trabalhadores.

Menos de 30 mil guardas prisionais vigiam mais de 70 mil detidos nas prisões francesas. O sistema encontra-se sobrelotado.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Plano contra radicalização nas prisões francesas

Motim numa prisão no Brasil faz 9 mortos e 77 reclusos em fuga

Antigo xerife português condenado a prisão no Massachussets