Última hora

Última hora

Rússia combate sanções com produção de queijo

Em leitura:

Rússia combate sanções com produção de queijo

Rússia combate sanções com produção de queijo
Tamanho do texto Aa Aa

E, de repente, dezenas de cabras francesas desembarcam nas profundezas da Sibéria. Trata-se de um dos efeitos colaterais da intervenção militar russa na Ucrânia: a União Europeia levantou várias sanções contra Moscovo, bloqueando a circulação de inúmeras mercadorias. Por sua vez, o presidente russo proibiu a importação de produtos de países ocidentais. Mas, em contrapartida, isso levou a um desenvolvimento significativo de parte da agricultura local e do setor dos laticínios.

"Quando os produtos estrangeiros desapareceram das prateleiras, nós decidimos criar uma oportunidade e passámos a produzir e vender o nosso próprio queijo", diz-nos Ilja Bondarjev, diretor executivo da UGMK-Agro.

Após o embargo implementado em novembro de 2016, cerca de mil cabras foram enviadas para a Sibéria. Hoje em dia, o número passou para o dobro. Se alguns produtores beneficiam claramente, os consumidores continuam a ver os preços a aumentar.