Última hora

Última hora

Líder do grupo "17 de Novembro" 48 horas em liberdade

Em leitura:

Líder do grupo "17 de Novembro" 48 horas em liberdade

Líder do grupo "17 de Novembro" 48 horas em liberdade
Tamanho do texto Aa Aa

Dimitris Koufontinas, um dos líderes da organização terrorista grega "17 de novembro", que foi condenado a prisão perpétua, vai passar mais 2 dias em liberdade. 

Esta é a segunda saída nos últimos três meses. A primeira, também de 48 horas, aconteceu em novembro.

Koufontinas é culpado da morte de 11 pessoas, incluindo membros das embaixadas na Grécia do Reino Unido e dos Estados Unidos. Os dois países juntam-se às famílias das vítimas contra estas saídas da prisão.

Heather Nauert, porta-voz do Departamento do Estado norte-americano, mostra preocupação sobre esta decisão do governo de Atenas.

“Libertaram-no por dois dias e fizeram o mesmo há três meses. Para nós, os terroristas condenados não têm direito a férias. A nossa embaixada em Atenas transmitiu a nossa preocupação sobre a decisão do governo grego".

O grupo de extrema-esquerda "17 de Novembro" foi responsável por 23 assassinatos e cerca de 50 atentados com recurso a bombas ou mísseis.

O grupo foi desmantelado em 2002.