Última hora

Última hora

Empresas nos EUA cortam relações com Associação que promove uso de armas

Em leitura:

Empresas nos EUA cortam relações com Associação que promove uso de armas

Empresas nos EUA cortam relações com Associação que promove uso de armas
Tamanho do texto Aa Aa

É em pleno debate aceso sobre a politica do uso de armas nos EUA que duas das maiores companhias de aviação norte-americanas (Delta e United Airlines) decidem juntar-se ao movimento contra a NRA, National Rifle Association of America.

A Associação Nacional de "Rifle" (tipo de arma nos EUA) foi criada em 1871, em Nova Iorque, visa promover os direitos dos proprietários de armas de fogo, a proteção da caça e da auto-defesa nos Estados Unidos.

"Culpar as armas não é uma resposta racional."

National Rifle Association of America Associação dos EUA que promove uso de armas

A NRA já viu mais de uma dúzia de empresas cortarem relações, o que incluí qualquer tipo de apoio monetário.

A associação já reagiu à revolta, disse que a atitute destas empresas é de "cobardia".

No Twitter, a NRA tem partilhado vários protestos contra o uso de armas de fogo, assumindo que a "culpa não é das armas".

Na declaração partilhada pela associação pode ler-se: "Culpar as armas não é uma resposta racional.".

A duas semanas do tiroteio de Parkland, o segundo mais mortal de sempre, não só são as empresas que protestam posições, na rua, os cartazes contra o uso de armas continuam a ser levantados.