Última hora

Última hora

Professores contra ideia das armas de Donald Trump

Em leitura:

Professores contra ideia das armas de Donald Trump

Sugestão de Donald Trump já está a gerar controvérsia nos EUA
@ Copyright :
REUTERS/Leah Millis
Tamanho do texto Aa Aa

A ideia de Donald Trump de dar armas a professores como forma de prevenção de tiroteios nas escolas é no entender dos sindicatos da área do ensino mais um 'tiro ao lado' na resolução deste problema.

A proposta surgiu na sequência do massacre na escola de Parkland, na Florida, onde morreram 17 pessoas no passado dia 14. Para o presidente dos Estados Unidos, afastar as armas das escolas vai apenas atrair mais assassinos.

"Temos de endurecer as nossas escolas, não as suavizar. Uma zona sem armas para um assassino, ou alguém que quer ser um assassino, é como ir comprar gelados", afirmou, numa reunião com funcionários da administração local e estadual sobre como melhorar a segurança das escolas.

Apesar das dúvidas sobre a ideia, o debate está instalado e conselhos diretivos de escolas de todo o país discutem agora soluções alternativas. No entanto, para muitos professores, a presença de armas vai apenas tornar as escolas mais perigosas.

"Armar professores? Não é uma boa ideia. Dei aulas de ciências alunos do 8º ano durante mais de 30 anos. Não consigo imaginar ter a responsabilidade de carregar uma arma... A descrição do presidente e de outros parece-me mais uma prisão, com os professores como guardas armados e os estudantes como prisioneiros", afirmou Becky Pringle, vice-presidente da Associação Nacional de Educação.

Com ou sem a presença de armas nas escolas, parece que nada vai ser como antes do massacre na Florida.