EventsEventos
Loader

Find Us

FlipboardLinkedin
Apple storeGoogle Play store
PUBLICIDADE

Suíça decide manter taxa de serviço público de rádio e televisão

Suíça decide manter taxa de serviço público de rádio e televisão
Direitos de autor 
De  Euronews
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

A decisão foi tomada no referendo, deste domingo, com os votos favoráveis de mais de 70 por cento dos eleitores

PUBLICIDADE

Explosão de alegria para os defensores do atual sistema de financiamento do serviço público de rádio e televisão na Suíça, depois de conhecidos os resultados do referendo deste domingo.

Cerca de 72 por cento dos eleitores votaram a favor da manutenção da taxa anual de cerca de 390 euros.

A iniciativa para abolir a contribuição audiovisual começou por ser apoiada por uma grande parte da população, mas quatro meses depois a proposta acabou por ser chumbada em todos os cantões.

"O debate em torno do serviço público traduziu-se numa oportunidade para nós. O paradoxo deste voto decorrente de uma iniciativa extremista permitiu-nos debater o papel e as finanças do serviço público. As críticas podem ser úteis e construtivas" refere Gilles Marchand, diretor-geral da SRG SSR.

Úteis terão sido, também, as campanhas feitas pelo governo e apoiadas por vários meios de comunicação social que contribuíram para mudar o sentido de voto.

A necessidade de preservar a diversidade cultural e linguística, ainda que com custos, num país com cerca de 8,5 milhões de habitantes foi um dos argumentos utilizados para convencer os suíços a manter a taxa, que no próximo ano deve descer para os 317 euros anuais.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Paris impõe estado de emergência na Nova Caledónia. Habitantes temem pela escassez de alimentos

Gabinete de Netanyahu aprova encerramento da delegação da Al Jazeera em Israel

Eslovacos protestam contra planos de governo para controlar emissoras