Última hora

Última hora

Greves na SNCF e Air France afetam milhares de passageiros

Em leitura:

Greves na SNCF e Air France afetam milhares de passageiros

Greves na SNCF e Air France afetam milhares de passageiros
Tamanho do texto Aa Aa

Novo dia de greve em França. Os trabalhadores da SNCF voltaram a paralisar, esta segunda-feira, um protesto de dois dias contra a reforma da Sociedade Nacional de Caminhos de Ferro (SNCF) anunciada pelo chefe de Estado francês. É a quinta paralisação desde abril. A abertura aos privados e o fim das regalias para cerca de 150 mil trabalhadores dos caminhos-de-ferro levaram o sindicato do setor a avançar com uma greve que se vai estender até junho.

O protesto está a afetar milhares de passageiros. Dificuldades que se estão, também, a fazer sentir nos aeroportos já que, pela primeira vez, a greve dos ferroviários coincide com uma paralisação dos pilotos e do pessoal de cabine e de terra da Air France. Trabalhadores e estruturas sindicais reivindicam um aumento salarial de 6 por cento. O braço de ferro que se arrasta desde fevereiro ficou marcado por várias tentativas de negociação. Na última reunião, a administração da empresa propôs uma subida progressiva de até 7 por cento no espaço de quatro anos. Os sindicatos exigem aumento imediato de 5,1 por cento para compensar a perda do poder de compra dos últimos quatro anos.