EventsEventos
Loader

Find Us

FlipboardLinkedin
Apple storeGoogle Play store
PUBLICIDADE

"Redes de pesca fantasmas": Armadilhas fatais nos Oceanos

"Redes de pesca fantasmas": Armadilhas fatais nos Oceanos
Direitos de autor 
De  Euronews
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Segundo as Nações Unidas, há cerca de 640 mil toneladas de redes de pesca abandonadas nos mares e oceanos. Para além de fonte plástica de poluição, são armadilhas fatais para milhares de espécies.

PUBLICIDADE

Há um predador nos oceanos que mata todos os anos milhares de espécies e de que poucos falam. As redes de pesca fantasmas, abandonadas pelos pescadores, para além de serem uma fonte de poluição, são verdadeiras armadilhas.

De acordo com a FAO e o programa das Nações Unidas para o Ambiente, há cerca de 640 mil toneladas destas redes nos oceanos, que constituem 10% dos detritos plásticos.

Na comemoração do Dia Mundial dos Oceanos, Pyerre-Yves Cousteau, filho do famoso oceanógrafo Jacques-Yves Cousteau, juntamente com uma equipa de voluntários, organiza uma operação de limpeza nas águas da ilha grega de Santotrini.

A operação integra-se no projeto "Mares Saudáveis" - Healthy Seas que tem vindo a limpar outras áreas. As redes recuperadas nestas missões de limpeza são recicladas para o fabrico de materiais ou equipamento de desporto.

A missão poderá ser acompanhada em streaming live no Facebook esta sexta-feira.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Mais de 70 países comprometem-se a deixar de poluir os mares

Hora do crepúsculo para o Pacto Ecológico Europeu?

Dia da Terra foi celebrado em todo o mundo