Última hora

Última hora

Polícia britânica acredita que recipiente foi fonte de envenenamento com Novichok

Polícia britânica acredita que recipiente foi fonte de envenenamento com Novichok
Tamanho do texto Aa Aa

À procura de uma resposta para decifrar o mistério, a polícia britânica busca de forma incessante um recipiente que os investigadores acreditam poder ser a fonte de envenenamento de um casal com o agente nervoso "Novichok", em Amesbury, Wilstshire, no Reino Unido.

A morte de Dawn Sturgess, este domingo, num hospital de Salisbury, está a ser investigada como homicídio. O marido, Charles Rowley, continua em estado crítico.

"A investigação está a ser conduzida por detetives da rede de polícia antiterrorismo do Reino Unido. Neste momento não podem precisar se o agente nervoso encontrado neste incidente está ou não relacionado com o ataque a Sergei e Yulia Skripal. No entanto, esta continua a ser a principal linha de investigação. A investigação tem de ser guiada apenas pelas provas e factos disponíveis. O nosso objetivo e prioridade neste momento é identificar e localizar qualquer recipiente que possa ser a fonte da contaminação", sublinhou Neil Basu, comissário adjunto da Scotland Yard.

Desconhece-se como é que o casal foi exposto à dose elevada do agente nervoso, mas os testes realizados confirmaram que tocaram num elemento contaminado com as mãos.