A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.
Última hora

Segunda volta das presidenciais no Mali

Segunda volta das presidenciais no Mali
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

No Mali, cerca de 8 milhões e meio de eleitores votam este domingo na segunda volta das presidenciais.

O actual presidente, Ibrahim Bubacar Keita, deverá ser reeleito. Na primeira volta, no dia 29 de julho, conseguiu mais de 41% dos votos

O principal adversário e líder da oposição, Soumaila Cissé, conseguiu 17,8% e contestou os resultados. Falou em fraude no escrutínio e apresentou vários recursos que foram rejeitados pelo Tribunal Constitucional.

Os dois voltam a defrontam-se à semelhança do que aconteceu nas eleições de 2013.

A comunidade internacional segue com atenção este ato eleitoral marcado pelas denúncias de fraude e manipulação.

A União Europeia, que enviou cerca de cem observadores na primeira volta, exigiu a publicação de resultados discriminados e pediu mais transparência na segunda ronda. Na primeira volta, cerca de 250 mil eleitores não conseguiram votar no centro e no norte do país.