Última hora

Última hora

Colapso de passadiço faz mais de 300 feridos em festival de Vigo

Em leitura:

Colapso de passadiço faz mais de 300 feridos em festival de Vigo

Colapso de passadiço faz mais de 300 feridos em festival de Vigo
Tamanho do texto Aa Aa

Mais de três centenas de pessoas ficaram feridas, esta noite, após a queda de um passadiço durante um festival de música na marginal de Vigo, na Galiza.

O colapso da estrutura ocorreu por volta da meia-noite, durante um dos últimos concertos do festival "O Marisquiño".

De acordo com os media locais, centenas de pessoas caíram ao mar, pelo menos 312 ficaram feridas, nove pessoas foram hospitalizadas, pelo menos cinco estão em estado grave.

O colapso do passadiço, que tinha madeira por cima e cimento por baixo, ocorreu durante o concerto do artista Rels B.

"Estava muita gente em cima da plataforma de madeira, ouviu-se um barulho e de repente caiu tudo e encontramo-nos entre a madeira e o cimento. O cimento cobria-nos as cabeças, muitas pessoas tentavam fugir, mas não conseguiam, as pessoas gritavam e finalmente pudemos sair bem", afirma uma jovem.

As autoridades locais afirmaram que estão a ser investigadas as causas do acidente.

O presidente do Porto de Vigo referiu que o colapso terá ocorrido por um defeito de construção da estrutura e não por razões de manutenção.