As surpresas do Masters 1000 de Cincinnati

As surpresas do Masters 1000 de Cincinnati
De  Euronews
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button

É o último grande torneiro antes do Open dos EUA

PUBLICIDADE

A lutar para recuperar a melhor forma, o escocês Andy Murray dececionou os fãs e foi eliminado na estreia no Masters 1000 de Cincinnati.

Capitulou, no último grande torneio antes do Open dos Estados Unidos, frente ao francês Lucas Pouille por 2 sets a 1, com parciais de 6/1, 1/6 e 6/4. Pouille carimbou assim o passe para a segunda ronda onde medirá forças com o argentino Leonardo Mayer.

O também argentino Diego Schwartzman, número 12 do mundo, não teve tanta sorte. Foi eliminado por Stanislas Wawrinka por 2 sets a 1 com parciais de 6/2, 4/6 e 6/3.

O suíço tem encontro marcado com o japonês Kei Nishikori.

O sérvio Novak Djokovic sofreu mas acabou por se desfazer do anfitrião americano Steve Johnson por 2 sets a 0.

Quem sabe se não é desta que põe termo à maldição de Cincinnati. É o único torneio do Masters 1000 que falta ao palmarés de Djokovic.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Fez-se história pelas piores razões: Número um do ténis eliminada na estreia do Open dos EUA

Tenista italiano Jannik Sinner vence Open da Austrália depois de derrotar o russo Daniil Medvedev

Sinner derrota Djokovic e enfrenta Medvedev na final do Open da Austrália