Última hora

Última hora

Salih Khater tentava obter um visto para o Sudão

Em leitura:

Salih Khater tentava obter um visto para o Sudão

Salih Khater tentava obter um visto para o Sudão
Tamanho do texto Aa Aa

Salih Khater, o suspeito detido por causa da colisão contra as barreiras de segurança junto ao Parlamento britânico, tinha, alegadamente, dito a pessoas próximas que viajaria até Londres para tentar obter um visto para viajar para o Sudão.

Nassar Mahmood, um dos líderes da Mesquita Central da cidade de Birmingham, referiu que o homem de 29 anos tinha os papéis com ele. Acrescentou que o cidadão britânico de origem sudanesa não era conhecido por ser "um religioso fervoroso."

Para a polícia britânica, a prioridade é estabelecer as motivações de Khater por parecer ser um ato deliberado. O caso continua a ser tratado como um possível ataque terrorista.

"Os terroristas querem que modifiquemos por completo a nossa forma de vida. Querem que tenhamos medo e que paremos de fazer o que fazermos para ter uma vida normal no Reino Unido. Não vamos ceder", sublinhou Cressida Dick, da Polícia Metropolitana de Londres.

Uma página no Facebook de um homem com o mesmo nome do suspeito refere que este mora em Birmingham.

Salih Khater não estava referenciado pelos serviços de segurança mas permanece detido, por suspeita de preparar um ato terrorista e de tentativa de homicídio.

Três pessoas ficaram feridas e vários peões e ciclistas foram atropelados esta terça-feira quando o Ford Fiesta em que Khater seguia colidiu com as barreiras de segurança junto ao Palácio de Westmister.