Euronews is no longer accessible on Internet Explorer. This browser is not updated by Microsoft and does not support the last technical evolutions. We encourage you to use another browser, such as Edge, Safari, Google Chrome or Mozilla Firefox.
Última hora

Tensão durante desfile neonazi em Berlim

Tensão durante desfile neonazi em Berlim
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

Hasteando a bandeira vermelha, branca e preta do Terceiro Reich de Hitler, manifestantes da extrema-direita alemã desfilaram este sábado pela capital, Berlim, para marcar o trigésimo primeiro aniversário do suicídio de Rudolf Hess, companheiro influente do ditador nazi.

A marcha foi recebida por várias contramanifestações. Embora a maioria tenha decorrido de forma pacífica, registaram-se alguns confrontos que se saldaram em pelo menos um polícia ferido e algumas detenções. Cerca de 2300 polícias tinham sido mobilizados para acompanhar os eventos.

A Alemanha conta com leis estritas que proíbem o uso de símbolos nazis, como a bandeira com a suástica. Mas a extrema-direita tem-se fortalecido nos últimos anos com a chegada de mais de um milhão de migrantes, na maioria muçulmanos, desde o início de 2015.