Última hora

Última hora

José Mujica, um "herói" feito ator em Veneza

Em leitura:

José Mujica, um "herói" feito ator em Veneza

José Mujica, um "herói" feito ator em Veneza
Tamanho do texto Aa Aa

O documentário do realizador sérvio Emir Kusturica sobre o ex-guerrilheiro e antigo Presidente do Uruguai, José Mujica, era aguardado com expectativa e foi a clamado na estreia no Festival Internacional de Cinema de Veneza.

Em "El Pepe, una vida suprema" desfilam as convicções políticas, éticas e a visão do mundo de um Mujica feito ator.

"Penso que é uma pessoa única, que enriquece os nossos sentimentos mas também as nossas experiências. Estou confiante que um dia será uma inspiração para os que estão a perder o amor em acreditar no socialismo", sublinhou Kusturica.

O antigo Presidente do Uruguai acrescentou: "Não conhecia Kusturica e também não sou um homem do cinema. Não percebo nada de cinema. Ao conhecê-lo tornámo-nos amigos."

O documentário estreou este domingo no Festival de Cinema de Veneza, fora de competição.

Antes, Mujica já tinha sido homenageado com a apresentação do filme, também em Veneza, "La noche de 12 años", do uruguaio Álvaro Brechner. Retrata os horrores da ditadura no Uruguai na década de 70.

Mais sobre cinema