EventsEventosPodcasts
Loader

Find Us

PUBLICIDADE

Regresso do tufão "Jebi" coloca Japão em alerta

Depois de ter atingido Shikoku, o tufão está agora a percorrer Honshu
Depois de ter atingido Shikoku, o tufão está agora a percorrer Honshu Direitos de autor Kyodo/via REUTERS
Direitos de autor Kyodo/via REUTERS
De  Francisco Marques com NHK
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Transportes ferroviários suspensos, aeroportos encerrados, voos cancelados e avisos de evacuação à passagem da mais forte tempestade dos últimos 25 anos na ilha

PUBLICIDADE

O mais forte tufão a atingir o Japão nos últimos 25 anos está de regresso ao país.

A agência NHK dá conta de que após ter atingido primeiro a ilha de Shikoku pelo meio-dia (04:00 da manhã em Lisboa), o tufão "Jebi" está agora a percorrer Honshu, a principal ilha nipónica, tendo entrado às 14 horas (06:00, em Lisboa ) pela zona de Kobe.

Em rota para norte, o "Jebi" está a motivar alertas de evacuação, por exemplo na cidade de Kobe e também na província de Osaka.

Os transportes públicos foram afetados e o comboio ultrarrápido Nozomi foi mesmo suspenso entre Tóquio e Osaka e entre Osaka e Hiroshima.

Outras ligações ferroviárias nas regiões de Kyoto, Osaka e Kobe também foram suspensas.

Um cargueiro ancorado em Osaka foi atirado pela ondulação contra a ponte que liga à cidade Izumisano o aeroporto de Kinsai, construído numa ilha artificial. O barco estava vazio e não há vítimas registadas.

A ponte ficou danificada, informou a guarda costeira local.

TWITTER/ @R10N_SR/via REUTERS
Barcos afetados pelo "Jebi" num canal junto a NishinomiyaTWITTER/ @R10N_SR/via REUTERS

Há receio que as fortes chuvas, as ondas altas e o vento, com rajadas de 200 km/hora, possam provocar também deslizamentos de terras e inundações.

As previsões apontam para que o mau tempo se mantenha até pelo menos ao meio-dia de quarta-feira.

Mais de 700 voos internos previstos para esta terça-feira foram cancelados, sobretudo na região oeste do Japão. Uma inundação pbrigou mesmo a encerrar o aeroporto internacional de Kansai, em Osaka, e o parque de diversões dos Estúdios Universal Japão, nas proximidades.

Outras fontes • Japan Times, Express

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Tufão "Jebi" deixa pelo menos 10 mortos no Japão

Tufão Khanun reativa alertas nas ilhas do sul do Japão

Governo mexicano estima danos do Otis em 3 mil milhões de euros