Euronews is no longer accessible on Internet Explorer. This browser is not updated by Microsoft and does not support the last technical evolutions. We encourage you to use another browser, such as Edge, Safari, Google Chrome or Mozilla Firefox.

Última hora

Última hora

TT no Cazaquistão: Do Mar Cáspio à Rota da Seda

TT no Cazaquistão: Do Mar Cáspio à Rota da Seda
Tamanho do texto Aa Aa

Apenas 150 quilómetros separam Aktau, a maior cidade do Mar Cáspio, de Shepte, a localidade mais próxima do vale de Torysh.

A estrada que as liga é ainda uma herança soviética. Na verdade, é mais um caminho e os buracos fazem-se sentir especialmente nos primeiros 100 quilómetros.

Poucos carros por lá passam e é frequente encontrarem-se cavalos e camelos a pastar. Com sorte, ainda se pode cruzar com vendedores de leite de camelo, considerado uma especialidade no Cazaquistão.

Pelo vale de Torysh espalham-se milhares de rochas de várias dimensões e forma arredondada. Desde esferas que cabem na palma da mão, até rochedos com 3 metros de diâmetro.

Cientificamente, não está provada a origem destas formações. O quando e o como estão por responder, dando origem a alguns mitos na cultura popular. Percebe-se no entanto que têm uma natureza frágil. Partem-se com facilidade e, lá dentro, escondem alguns fósseis.