Última hora

Última hora

Atentado em pleno desfile militar

Em leitura:

Atentado em pleno desfile militar

Atentado em pleno desfile militar
Tamanho do texto Aa Aa

Um atentado num desfile militar no Irão fez pelo menos 24 mortos e mais de 50 feridos, segundo os últimos números divulgados pelos comandos militares iranianos, que acusam grupos ligados aos Estados Unidos e Israel de estarem por detrás do ataque. Sabe-se que entre as vítimas mortais estão civis, incluindo crianças e jornalistas, e militares. Dos quatro autores do atentado, três foram abatidos no local e um foi detido pelas auroridades.

O ataque aconteceu na cidade de Ahvaz, no sudoeste do país.

Os homens armados dispararam contra uma bancada onde se encontravam vários responsáveis políticos a assistir ao desfile, que celebrava a "semana da defesa sagrada", ou seja, o aniversário do início da guerra com o Iraque, que durou de 1980 a 1988. O ministro dos Negócios Estrangeiros iraniano, Mohamad Javad Zarif, diz que se trata de "terroristas treinados por um Estado estrangeiro" com ligações aos Estados Unidos, sem especificar a que país se refere, e prometeu retaliar.