Última hora

Última hora

Alemanha prende elementos de grupo da extrema-direita "Revolução Chemnitz"

Em leitura:

Alemanha prende elementos de grupo da extrema-direita "Revolução Chemnitz"

Alemanha prende elementos de grupo da extrema-direita "Revolução Chemnitz"
Tamanho do texto Aa Aa

A Procuradoria alemã deteve, esta segunda-feira, seis homens por suspeita de formarem um grupo terrorista de extrema-direita conhecido como "Revolução Chemnitz", a cidade germânica onde, em agosto, se registaram episódios de violência contra migrantes.

Os seis homens têm entre 20 e 30 anos. De acordo com a Procuradoria, na operação policial participaram as autoridades regionais dos estados da Saxónia e da Baviera. Cerca de uma centena de agentes participaram nas buscas e detenções.

O Governo de Berlim sublinha que a justiça vai continuar a agir contra os extremismos.

"É este o efeito da nossa política de tolerância zero sobre os radicais de direita e o extremismo de direita e é por isso que é correto que as autoridades policiais e judiciais estejam agir com tanta determinação", assegura o ministro germânico o Interior, Horst Seehofer.

A Procuradoria revelou que o grupo ter-se-á formado no início de setembro. Os homens já teriam começado a tentar obter armas de fogo. Cinco dos suspeitos terão participado nos ataques de Chemnitz.

As autoridades acreditam que o grupo planeava uma ação mais violenta conta os migrantes, no dia três de outubro, dia da unidade alemã.