Última hora

Última hora

Cristiano Ronaldo volta a ficar de fora da seleção

Em leitura:

Cristiano Ronaldo volta a ficar de fora da seleção

Cristiano Ronaldo volta a ficar de fora da seleção
Tamanho do texto Aa Aa

O papel de Cristiano Ronaldo na maior conquista na história do futebol português é indesmentível, mas no papel com a convocatória para os duelos frente a Polónia e Escócia, por muito que se procure, não se encontra o seu nome.

O selecionador Fernando Santos, preferiu não abrir o jogo e na conferência de imprensa onde anunciou os eleitos, limitou-se a justificar uma decisão com uma conversa a três com o presidente da Federação Portuguesa de Futebol, Fernando Gomes, e o próprio Cristiano Ronaldo, e onde chegaram à conclusão que o capitão da seleção não estava em condições para ser convocado.

O técnico acrescentou ainda que Ronaldo irá falhar também os jogos de novembro mas que nada tinha mudado e o atacante continuava disponível para dar o seu contributo à seleção.

A verdade é que o madeirense tem estado nas bocas do mundo devido às acusações de violação de que é alvo nos Estados Unidos, um episódio que remonta às suas férias em Las Vegas em 2009.

Então o assunto foi resolvido com um acordo extrajudicial, agora, impulsionada pelo movimento #MeToo, a queixosa decidiu seguir para a via dos tribunais. Cristiano Ronaldo é agora alvo de uma ação cível por 11 crimes: violação sexual, tentativa de assédio sexual, coação para fraude, agressão a uma pessoa vulnerável, conspiração, difamação, abuso de processo, tentativa de silenciar o caso, tentativa de concretizar um acordo de não divulgação, negligência e violação de contrato.

Os eleitos de Fernando Santos

Entre os eleitos de Fernando Santos para o duelo de 11 de outubro frente à Polónia, a contar para a Liga das Nações em Chorzów, e para o amigável frente à Escócia, três dias depois em Glasgow, a renovação é a palavra de ordem.

Bruno Alves, José Fonte, João Moutinho, Ricardo Quaresma e Nani continuam de fora e dos 23 escolhidos para a dupla jornada, 12 têm menos de dez jogos com as quinas ao peito. Hélder Costa, do Wolverhampton, é o único que se estreia nestas andanças.

O guarda-redes Cláudio Ramos, do Tondela, e o defesa Pedro Mendes, que joga nos franceses do Montpellier, já tinham sido chamados na convocatória anterior mas ainda perseguem os primeiros minutos com a camisola da seleção.

Esta é a equipa que vai dar #TudoPorPortugal frente à Polónia e Escócia! Vamos, Portugal! ??? Here it is! The squad that will face Poland and Scotland has been announced! Let's go, #TeamPortugal! ???

Publiée par Seleções de Portugal sur Jeudi 4 octobre 2018