Euronews is no longer accessible on Internet Explorer. This browser is not updated by Microsoft and does not support the last technical evolutions. We encourage you to use another browser, such as Edge, Safari, Google Chrome or Mozilla Firefox.

Última hora

Última hora

Cristiano Ronaldo volta a ficar de fora da seleção

Cristiano Ronaldo volta a ficar de fora da seleção
Tamanho do texto Aa Aa

O papel de Cristiano Ronaldo na maior conquista na história do futebol português é indesmentível, mas no papel com a convocatória para os duelos frente a Polónia e Escócia, por muito que se procure, não se encontra o seu nome.

O selecionador Fernando Santos, preferiu não abrir o jogo e na conferência de imprensa onde anunciou os eleitos, limitou-se a justificar uma decisão com uma conversa a três com o presidente da Federação Portuguesa de Futebol, Fernando Gomes, e o próprio Cristiano Ronaldo, e onde chegaram à conclusão que o capitão da seleção não estava em condições para ser convocado.

O técnico acrescentou ainda que Ronaldo irá falhar também os jogos de novembro mas que nada tinha mudado e o atacante continuava disponível para dar o seu contributo à seleção.

A verdade é que o madeirense tem estado nas bocas do mundo devido às acusações de violação de que é alvo nos Estados Unidos, um episódio que remonta às suas férias em Las Vegas em 2009.

Então o assunto foi resolvido com um acordo extrajudicial, agora, impulsionada pelo movimento #MeToo, a queixosa decidiu seguir para a via dos tribunais. Cristiano Ronaldo é agora alvo de uma ação cível por 11 crimes: violação sexual, tentativa de assédio sexual, coação para fraude, agressão a uma pessoa vulnerável, conspiração, difamação, abuso de processo, tentativa de silenciar o caso, tentativa de concretizar um acordo de não divulgação, negligência e violação de contrato.

Os eleitos de Fernando Santos

Entre os eleitos de Fernando Santos para o duelo de 11 de outubro frente à Polónia, a contar para a Liga das Nações em Chorzów, e para o amigável frente à Escócia, três dias depois em Glasgow, a renovação é a palavra de ordem.

Bruno Alves, José Fonte, João Moutinho, Ricardo Quaresma e Nani continuam de fora e dos 23 escolhidos para a dupla jornada, 12 têm menos de dez jogos com as quinas ao peito. Hélder Costa, do Wolverhampton, é o único que se estreia nestas andanças.

O guarda-redes Cláudio Ramos, do Tondela, e o defesa Pedro Mendes, que joga nos franceses do Montpellier, já tinham sido chamados na convocatória anterior mas ainda perseguem os primeiros minutos com a camisola da seleção.

Esta é a equipa que vai dar #TudoPorPortugal frente à Polónia e Escócia! Vamos, Portugal! ??? Here it is! The squad that will face Poland and Scotland has been announced! Let's go, #TeamPortugal! ???

Publiée par Seleções de Portugal sur Jeudi 4 octobre 2018