EventsEventosPodcasts
Loader

Find Us

PUBLICIDADE

Final feliz em aterragem forçada da Soyuz

Final feliz em aterragem forçada da Soyuz
Direitos de autor 
De  Nara Madeira
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Partiu do Cazaquistão mas por pouco tempo. Um problema mecânico obrigou a uma manobra de emergência por parte dos tripulantes da Soyuz, que se dirigiam para a Estação Espacial Internacional, e que se viram obrigados a regressar à Terra.

PUBLICIDADE

A Rússia poderá suspender todos os lançamentos, não tripulados, da Soyuz, este ano. A informação foi avançada pela agência de notícias russa Interfax, citando uma fonte não identificada.

A decisão é tomada depois do lançamento malsucedido, esta quinta-feira, de uma aeronave Soyuz, com dois homens a bordo, que se dirigiam para a Estação Espacial Internacional.

"Claro que esta é uma situação desagradável, mas acho que quando acontecem mais de 800 lançamentos destes veículos de lançamento, acontecer um ou dois casos não significa nada. Essa é a minha opinião. É claro que é desagradável, haverá danos em termos de imagem, mas são situações que não têm uma importância crítica", adianta o perito em engenharia aeroespacial, Vladimir Popov.

Os tripulantes terão sabido gerir, com calma, a complexa situação, explica o antigo astronauta Chris Hadfield:

"Se se ouvirem as vozes da tripulação, especialmente Alexy, o comandante, ele não parece aterrorizado. Na verdade, ele está calmo, foi treinado, de facto, para lidar com o problema. Acho que ele fez um ótimo trabalho em trazer de volta a sua cápsula à superfície da Terra, eles devem ter sentido que pesavam 6 ou 7 vezes mais do que o normal, talvez um pouco mais. Eles podiam ter sido esmagados, mas estavam prontos. O importante é que os sistemas automatizados funcionaram bem, a equipa funcionou bem e todos estão em segurança", explica o canadiano.

Um problema no motor ou no propulsor poderá ter obrigado à aterragem forçada, no Cazaquistão, de onde tinha partido. Para já, Moscovo abriu uma investigação criminal ao sucedido.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Destroços de um avião caem em zona residencial nos EUA

"Falhanço da Soyuz é um golpe para a indústria espacial russa"

Falha no motor do foguetão Soyuz que transportava dois astronautas