Euronews is no longer accessible on Internet Explorer. This browser is not updated by Microsoft and does not support the last technical evolutions. We encourage you to use another browser, such as Edge, Safari, Google Chrome or Mozilla Firefox.
Última hora

Novo método ajuda pessoas paraplégicas a voltar a andar

Novo método ajuda pessoas paraplégicas a voltar a andar
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

Existe um novo método que ajuda pessoas paraplégicas a voltar a andar. Num estudo denominado Stimo, especialistas suíços da Escola Politécnica Federal e do Hospital Universitário de Lausanne uniram a estimulação elétrica a técnicas de fisioterapia, para que os pacientes com lesões na coluna possam andar com o mínimo de assistência - com a ajuda de muletas ou de um andarilho.

A localização e o momento exato da estimulação elétrica são fundamentais para que os pacientes façam o movimento pretendido. É esta coincidência espaço-temporal que desencadeia o desenvolvimento de novas terminações nervosas.

O neurocirurgião Grégoire Courtine, da Escola Politécnica Federal de Lausanne (EPFL), na Suíça, liderou o estudo clínico: "O fato dele tentar ativar os músculos e que a estimulação elétrica ative a mesma região da medula espinal... esta coincidência entre a entrada do cérebro e a estimulação faz com que os nervos ativem exatamente nessa localização."

Uma semana após o início do tratamento, os resultados começaram a ser visíveis e três pacientes recuperaram o controlo voluntário dos músculos das pernas.

Esta técnica inovadora foi testada em ratos, em 2014 e em macacos, em 2016. Chegou agora aos humanos e os resultados foram publicados nas revistas científicas Nature e Nature Neuroscience.

Apesar do sucesso, o líder do estudo mostra-se cauteloso e diz que ainda há muito para fazer. Para que a probabilidade de recuperação seja maior, o próximo passo para a equipa de cientistas é aplicar o método logo após uma lesão.