Euronews is no longer accessible on Internet Explorer. This browser is not updated by Microsoft and does not support the last technical evolutions. We encourage you to use another browser, such as Edge, Safari, Google Chrome or Mozilla Firefox.
Última hora

Manfred Weber é candidato do PPE à presidência da Comissão Europeia.

Manfred Weber é candidato do PPE à presidência da Comissão Europeia.
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

O eurodeputado alemão da Baviera foi eleito, esta quinta-feira, no congresso de Helsínquia, com 79,2% dos votos contra os 20% do finlandês Alexander Stubb.

Manfred Weber contou com o apoio de grande parte dos partidos e chefes de Governo da maior família política europeia, entre eles a chanceler alemã Angela Merkel, o chanceler austríaco, Sebastian Kurz, e o primeiro-ministro húngaro, Viktor Orbán.

No discurso de vitória, Weber destacou a necessidade da Europa se tornar mais próxima dos cidadãos.

"A campanha começa aqui em Helsínquia. Temos um bom registo. Criámos uma Europa boa, forte e estável. É forte neste momento, sob a liderança de Jean-Claude Juncker, Donald Tusk e Antonio Tajani. Caros colegas, dissemos que construímos pontes. Queremos colmatar as lacunas entre os cidadãos e a União Europeia. Vocês querem ter uma Europa democrática e nós queremos ter uma Europa ambiciosa. Essa é a nossa forma de fazer política europeia e é por isso que a minha mensagem final é: Vamos aproveitar este ímpeto de Helsínquia. Vamos voltar para casa, para as nossas cidades, para as nossas aldeias. Vamos dizer às pessoas que temos uma boa ideia para o futuro do continente europeu".

Manfred Weber é o atual líder do grupo parlamentar do Partido Popular Europeu.

Tem 46 anos e um longo caminho pela frente antes de poder reivindicar o cargo executivo mais importante da União Europeia. Primeiro tem de superar a oposição dos outros grupos políticos.

Quem conseguir o lugar, vai enfrentar desafios sem precedentes, incluindo o impacto da imigração e a ascensão do populismo.

Há também a questão das negociações da União Europeia com o Reino Unido sobre a relação comercial pós-Brexit.